Škoda Auto: das bicicletas à fabricação mundial de automóveis

Škoda Auto: das bicicletas à fabricação mundial de automóveis

Em 1899, a fábrica Laurin & Klement começa a fabricar também a motocicleta Slavia, tornando-se, assim, a primeira fábrica de motocicletas do Império Austro-Húngaro e da Alemanha.

HomeNovidadesŠkoda Auto: das bicicletas à fabricação mundial de automóveis
Hoje em dia, a companhia Škoda Auto a.s. não é apenas o maior fabricante tcheco de automóveis mas também o maior exportador e um dos maiores empregadores da República Tcheca. Você pode comprar os automóveis da marca Škoda não só na Europa mas também na Ásia, África, América do Sul e Austrália. Com mais de 120 anos de tradição em fabricação, trata-se de uma das marcas de automóveis mais antigas do mundo. E, no início disso tudo, estavam dois ciclistas: Václav Laurin e Václav Klement.

Bicicletas, motos e carros também

A longa história do maior fabricante tcheco de automóveis começou a ser escrita na terça-feira, 17 de dezembro de 1895, quando dois entusiastas do ciclismo, o mecânico Václav Laurin e o livreiro Václav Klement, fundaram uma pequena empresa de produção de bicicletas em Mladá Boleslav. Batizaram-na de Laurin & Klement e, após quatro anos, já estavam começando a produzir motocicletas, torando-se, assim, a primeira fábrica de motocicletas do Império Austro-Húngaro e da Alemanha. Em 1905, começam a produzir o primeiro modelo do automóvel Voiturette A, que se torna um grande sucesso de vendas e impulsiona a fábrica à frente da indústria automobilística. Após a primeira guerra mundial, a etiqueta “made in Laurin & Klement” é exibida com orgulho não apenas em veículos de passageiros mas também em caminhões e até mesmo em motores de aeronaves.

Ao volante: Emil Škoda

Em 1925, ingressa à fábrica um grande parceiro-investidor: Škoda, o grupo de engenharia de Pilsen (Plzeň). Os dois fundadores vendem as suas partes das ações, fazendo com que Emil Škoda assumisse o “volante da companhia”. Graças aos investimentos de Škoda, a fábrica de pequeno porte é reformada e passa a incluir uma linha de montagem. Em alguns anos, a fábrica bate recordes de vendas e, em 1936, a Škoda já se via como uma moderna produtora de automóveis, produzindo carros, caminhões, ônibus e bondes. Após a guerra, o império de engenharia Škoda foi estatizado e, na sequência, foi dividido em várias partes. Essa desintegração está nas origens de duas companhias ativas nos dias de hoje: a gigante Škoda Transportation, que continua tendo sede em Pilsen, e a Škoda Auto, cuja sede você encontrará em Mladá Boleslav à aproximadamente 50 km a nordeste de Praga.

História com cheiro de gasolina

Em abril de 1991, a Škoda passa por uma outra fusão importante, desta vez com a gigante alemã Volkswagen. Três anos depois, a produtora de automóveis comemora a marca de um milhão de carros produzidos. Hoje em dia, o museu Škoda Auto Muzeum ocupa os espaços da antiga fábrica de Mladá Boleslav, que produziu automóveis até 1928. Este museu mapeia toda a história da marca e da produção de automóveis em geral. Além disso, você poderá ver de perto veículos históricos únicos. Fica aberto durante o ano todo e, diariamente, oferece visitas guiadas em diversas línguas que, No entanto, estas visitas precisam ser previamente agendadas. Uma grande experiência são também as visitas à fábrica de produção, que ocorrem apenas em dias úteis e onde você testemunhará o surgimento de um automóvel em várias fases do processo produtivo.