Os 17 melhores locais que você precisa ver em 2017

Os 17 melhores locais que você precisa ver em 2017

Trazemos a você uma lista daquilo que há de melhor e o que mais interessa aos turistas na República Tcheca!

HomeNovidadesOs 17 melhores locais que você precisa ver em 2017
Trazemos a você uma lista com os 17 locais mais procurados em 2016. Foi baseado neles que preparamos esta lista com aquilo que você não deve perder na sua viagem à República Tcheca. Aqui, você encontrará desde cidades histórias até parques nacionais e reservas naturais. Então, desejamos a você um ano de 2017 repleto das melhores experiências turísticas de todas! Ainda mais se você se deixar inspirar pela nossa lista.

Praga

O coração da Europa, uma das cidades mais bonitas do mundo e uma joia no rio Moldava (Vltava): tudo isto é Praga, a capital da República Tcheca. É também a eterna inspiração de artistas, um monumento de cem torres tombado pela UNESCO e também uma cidade imponente e ligeiramente misteriosa com uma atmosfera única. Recomendamos que você não deixe de lado a Porte de Carlos (Karlův most), o Castelo de Praga (Pražský hrad) e o Relógio astronômico da Cidade Velha (Staroměstský orloj). Este são os locais de Praga que mais impressionarão você.


Karlovy Vary

Colunatas, fontes termais e todos os prazeres que passarem pela sua cabeça, desde o ócio relaxante corriqueiro, spas e passeios até esportes recreativos: tudo isso é Karlovy Vary. As ondas de visitantes chegam sem parar à cidade desde o século XVIII, quando o prestígio das suas termas se espalhou pelo o mundo, fazendo com que hoje Karlovy Vary esteja entre as termas mais famosas da Europa.

České Švýcarsko (Parque Nacional da Suíça Boêmia)

O Národní park České Švýcarsko (Parque Nacional da Suíça Boêmia) é um dos menores parques nacionais da República Tcheca - mas a sua fama é enorme! Além de abrigar fauna e flora raras, aqui os visitantes poderão observar formações rochosas únicas, podendo também passear por entre fendas rochosas bastante estreitas. O passeio de barco a remo próximo de Hřensko é também uma experiência inesquecível.

Český Krumlov

Um trançado de ruelas medievais tortuosas, brasões pintados nas casas dos burgueses, cantinhos românticos, um castelo imponente sobre o Moldava (Vltava), cafeterias e tavernas medievais, exposições, concertos e festivais. Você poderá encontrar tudo isso em Český Krumlov. Esta cidade de atmosfera mágica única está inscrita na lista de patrimônios da UNESCO desde 1992.

Castelo Karlštejn

Esta sede simbólica e não habitada de Carlos IV (Karel IV.), imperador medieval do Sacro Império Romano e rei dos tchecos, na qual dizem que era proibida a entrada de mulheres com o propósito de não desconcentrar o monarca durantes suas reflexões governamentais e teológicas, foi fundada como uma fortaleza para proteger as joias da cora, relíquias de santos e escritos estatais. Hoje em dia, graças à sua localização próxima à Praga, é um local extraordinário para um passeio durante a tarde. Meia hora de trem será suficiente para chegar em Karlštejn a partir de Praga.

Brno

Brno é a segunda maior cidade da República Tcheca e também a metrópole da Morávia (Morava), a região Leste do país. Além do castelo Špilberk e da mansão funcionalista Tugendhat (vila Tugendhat), um dos patrimônios da UNESCO, você encontrará aqui outras dezenas de monumentos. Além disso, no centro efervescente você encontrará dezenas de cafeterias agradáveis que fazem a fama da cidade.

Lednicko-valtický areal (Paisagem Cultural de Lednice-Valtice)

Em Paisagem Cultural de Lednice-Valtice (Lednicko-valtický areál), uma região transformada em parque e patrimônio da UNESCO, você poderá fazer muitas coisas – andar de barco, à cavalo, de bicicleta, carruagem e até de patins, fazer um giro pelas vinícolas, explorar colunatas românticas e castelinhos escondidos nas florestas, subir nas colinas Pálava ou então descansar nas termas. É tudo isso que oferece esta região no sul da Morávia (Morava).

České Budějovice

České Budějovice, a metrópole da Boêmia do Sul (jižní Čechy) no rio Moldava (Vltava) oferece um mosaico variado de atrações turísticas. Além dos locais em que você poderá respirar o ar de uma história centenária, você poderá viajar pelos traçados da primeira ferrovia do continente europeu para trens puxados por cavalos e experimentar as famosas carpas da Boêmia do Sul ou então a excelente cerveja da cervejaria Budvar.

Skalní město Adršpach (a “cidade rochosa” de Adršpach, sítio geológico)

Broumov, na Boêmia do Leste (východní Čechy), oferece uma excelente oportunidade para desfrutar um feriado de forma ativa. Adršpašsko-teplické skály (colunas de pedra de Adršpach-Teplice) é a maior e mais selvagem “cidade rochosa” (sítio geológico) da Europa Central, fascinando turistas e eremitas desde o século XVIII. Você também poderá visitar as dependências barrocas do mosteiro de Broumov.

Castelo Hluboká nad Vltavou

O castelo Hluboká, na Boêmia do Sul (jižní Čechy), é o destino de passeio ideal para os amantes de história e romantismo. O castelo deve a sua forma atual à família dos Schwarzenberg, sendo frequentemente identificado como o castelo mais bonito da República Tcheca.

Ostrava

Uma série de motivos podem atrair você à Ostrava, a metrópole da Morávia do Norte (severní Morava) e terceira maior cidade da República Tcheca: monumentos industriais únicos, a interessante arquitetura com tijolos à vista e casas de estilo comlombages ou a rica oferta de atividades para o tempo livre. Nos últimos anos, uma das suas maiores atrações da cidade tem se tratado do museu técnico, conhecido como Dolní oblast Vítkovice (Baixa Vítkovice).

A região de Český ráj (Paraíso Tcheco)

Na segunda metade do século XIX, Český ráj (Paraíso Tcheco) foi reconhecida como uma região cujos valores naturais são multiplicados por monumentos históricos. O caráter único e exclusivo da natureza de Český ráj (Paraíso Tcheco) é testemunhado pelo fato de que se tornou a primeira região protegida da então Tchecoslováquia, em 1955.

Parque Nacional da Šumava

O perfume bom das florestas e campos, vales perdidos no fim do mundo, eternos pântanos, lagos glaciais e horizontes cheios de montanhas e colinas: é isso que significa Šumava como sendo um parque nacional. É claro que você também poderá encontrar por lá tentações turísticas como castelos, parques de cordas, museus e pensões e hotéis confortáveis. Vale a pena visitar a Boêmia do Sul (jižní Čechy)!

Mariánské Lázně

Coleção de casas em estilo termal, mais de cem fontes de água mineral, colunatas (com destaque para a colunata neobarroca em aço fundido do final do século XIX), teatro, Museu Municipal (Městské muzeum), memoriais e monumentos, mirante, chafariz musical (zpívající fontána) e caverna de sal – tudo isso é Mariánské Lázně, que fica na Boêmia do Oeste (západní Čechy), próxima à mundialmente famosa Karlovy Vary.

Castelo e jardins de Kroměříž

O Castelo Arcebispal de Kroměříž (Kroměřížšský Arcibiskupský zámek) e seus jardins Podzámecká (Jardim sob o Castelo) e Květná (Jardim Florido) foram inscritos com toda a razão na lista dos patrimônios culturais da UNESCO em 1998. Todo o complexo irá surpreender você com suas dimensões e beleza, ainda mais se você visitar o recém-reformado jardim barroco Květná (Jardim Florido).

Loket

Esta cidade, localizada num imponente promontório rochoso cercado em três lados pelo rio Ohře, tem uma praça pitoresca conservada, em cujo centro se encontra a coluna barroca da Santíssima Trindade (sloup Nejsvětější Trojice), e uma série de casas burguesas históricas. O coração desta pequena cidade da Boêmia do Oeste é o Castelo Loket (hrad Loket). Do alto das suas torres de vinte e seis metros de altura, você poderá observar toda a região em profundidade numa perspectiva aérea.

Mikulov

Você dificilmente encontrará uma cidade numa região mais pitoresca que Mikulov. Encontra-se bem nas extremidades das pequenas montanhas Pálava e cercada por vinhedos. Estes mesmos que mostrarão para você que você se encontra no centro de uma região vinícola, fazendo com que você encontre vinhos literalmente em todos os cantos: nas pitorescas ruelas históricas e também no castelo. Vale a pena visitar esta cidade da Morávia do Sul!

n-17-places-must-see-01