Através da República Tcheca a pé

Através da República Tcheca a pé

Você sabia que na República Tcheca há uma das perfeitas sinalizações de orientação turística no mundo?

Na República Tcheca, assim como em outros lugares na Europa, existe um ditado popular que diz: todo tcheco é músico. Mas deveria dizer que todo tcheco é turista. Por quê? Porque o turismo de passeio pedestre na República Tcheca tem uma tradição de cem anos. A bela natureza das montanhas tchecas, das cidades de rochas, dos vales profundos e das florestas ainda mais profundas convidam para passeios a pé longos ou curtos. E as preocupações com a orientação no campo você pode deixar para trás – a sinalização de orientações turísticas na República Tcheca é uma das mais bem elaboradas do mundo.
Os primeiros sinais para turistas no território tcheco surgiram no final do século XIX. Desde então, as trilhas para caminhadas, com pequenas pausas, têm sido ampliadas. Atualmente está sendo preparada a sinalização de orientação turística na antiga área de treinamento militar em Brdy que se encontra perto de Pilsen e é uma região ainda intacta pelos turistas. Na República Tcheca há também alguns lugares que são “evergreens” para os turistas.

Vá até os lugares, cuja beleza só pode ser descoberta a pé...

Nos cumes das montanhas

Nas montanhas tchecas mais famosas – Krkonoše, na fronteira da República Tcheca com a Polônia, você poderia passar semanas nas trilhas para caminhadas. E de maneira nenhuma você ficaria com tédio! Mas, nós temos duas dicas que são “evergreen“ em Krkonoše. A primeira conduz até o topo da maior montanha da República Tcheca: Sněžka. Você pode chegar nela pelo vale Obří důl, onde terá uma bela vista panorâmica. E quem não confia muito na sua condição física, pode subir até o topo de Sněžka de teleférico que sai de Pec pod Sněžkou.

Krkonoše atrai também pelo seu outro marco: a nascente do rio Elba. O rio que atravessa o leste e o norte da Boêmiae continua por toda a Alemanha até o Mar do Norte, nasce em Labská louka. Você pode ir lá do conhecido complexo esportivo Horní Mísečky perto de Špindlerův Mlýn, onde os turistas que não estão em tão boa forma podem utilizar o teleférico para se aproximar mais ao destino.
Os especialistas em caminhadas na montanha provavelmente recomendariam as trilhas em Jeseníky que estão entre as mais belas do país. No oeste da República Tcheca em Krušné hory você pode seguir os passos.

Por uma paisagem calma atrás do vinho

Um capítulo separado no livro sobre as trilhas de caminhada na República Tcheca poderiam ter as trilhas pelos vinhedos. Caminhadas na paisagem calma do sul da Morávia parecem ser o oposto do trekking nas montanhas dramáticas. Uma passeio a pé através da região Pálava lhe levará até a capital da vinicultura Mikulov com o seu marco: a Colina Santa. Por outra trilha você chegará até a romântica ruína do castelo Sirotčí hrádek. Durante os seus passeios lhe acompanhará o ambiente amigável do sul da Morávia e, claro, o excelente vinho que você pode provar em uma das muitas bodegas.

Na companhia dos rios e lagos

Se você for para o sul da República Tchecavocê encontrará belos vales e florestas densas da serra Šumava. Até aqui poderíamos recomendar dezenas de trilhas, onde você passaria horas caminhando. Uma experiência excepcional é, por exemplo, passeio para os lagos Černé a Čertovo. Os dois estão escondidos no fundo da floresta, onde você não chegará de carro e tem que descobrir a sua beleza a pé.
Nós ainda ficaremos em Šumava para podermos recomendar a trilha ao longo do rio Vydra. O seu fluxo calmo se transforma bruscamente em curvas dramáticas cheias de pedras e cascatas e é um ótimo acompanhante ao descobrir as belezas de Šumava.

Uma experiência única está garantida se você for para o Carste da Morávia. Aqui você pode caminhar ao redor das cavernas ou até o abismo mais profundo da República Tcheca: Macocha. E você pode diversificar a sua caminhada, por exemplo, com um passeio de barco no rio subterrâneo Punkva.

Cidades rochosas

Poucos lugares na natureza são tão misteriosamente belos como as cidades rochosas. E na República Tcheca você encontrará várias. Um encanto especial têm passeios nas Rochas de Adršpach no leste da Boêmia. Com uma caminhada não muito exigente você chegará até o maior portão de arenito na Europa que se encontra na popular região da Suíça Tcheca na fronteira da República Tcheca com a Alemanha. Outra exclusiva cidade rochosa, da qual ninguém quer sair, são as rochas  Prachovské skály que fazem parte da área protegida de Český ráj.

Atrás dos monumentos não conhecidos

Descubra durante o seu passeio a pé, por exemplo, a face desconhecida de Olomouc. A cidade histórica é conhecida por muita gente como uma joia barroca na Morávia que ostenta se um monumento da UNESCO. Porém, poucas pessoas conhecem a sua história militar. A mesma você pode conhecer durante as suas caminhadas atrás dos monumentos originais da época, quando existia em Olomouc uma fortaleza militar que foi construída na sua fundação e cresceu mais do século XVI até o século XIX.

Ideal para caminhadas é também a região do norte da Boêmia, onde encontrará, por exemplo, os castelos românticos Kokořín e Bezděz. Um canto desconhecido da bela paisagem de Vysočina é o mirante Karasín na fronteira da Boêmia com a Morávia.
 
n-where-to-go-on-foot