Como celebrar o Natal como os tchecos

Como celebrar o Natal como os tchecos

Costumes, tradições, gastronomia, comida... Descubra como é o Natal tcheco!

O Natal é um dos mais importantes feriados cristãos celebrados na República Tcheca. Independente da significação religiosa, as pessoas levam o Natal como um período de calma, tranquilidade e amor, sendo celebrado coletivamente entre família, amigos e conhecidos. À espera da celebração do nascimento de Jesus juntam-se muitas tradições influenciadas por costumes cristãos e pagãos.

A época do Advento

Caso queira celebrar o Natal da mesma forma que as pessoas da República Tcheca, precisa começar a fazê-lo com aproximadamente um mês de antecedência. É quando começa o Advento, o período de quatro semanas de espera e preparação para o Natal, começando mais ou menos perto da virada entre novembro e dezembro. No primeiro domingo do Advento, muitas pessoas constroem presépios nos seus lares e feiras de Natal inauguram-se nas praças. A maior feira de advento da República Tcheca acontece em Praga na Praça da Cidade Velha (Staroměstské náměstí).

No passado, o Advento era uma época de jejum e espera pelo Natal. Quase ninguém mais entra em jejum, mas alguns costumes antigos sobreviveram o teste dos séculos. Quais são os costumes observados durante o Advento tcheco hoje em dia? O mais visível é ter em casa uma guirlanda de Advento. Quando feita sem velas, é utilizada para a decoração de portas; se receber velas, servirá para a contagem das quatro semanas do Advento, ascendendo-se uma vela nova a cada domingo. Outro costume é a assim chamada trhání barborek (“remoção das Bárbaras”): no dia de Santa Bárbara, 4 de dezembro, retire um pequeno galho duma cerejeira, leve-o para o calor da casa, coloque-o num vaso com água e cuide-o como se fosse uma flor. Se ele florescer até o dia 24, significa que todos os seus desejos serão realizado no ano que vem. Outra tradição é a celebração do dia de São Nicolau, 5 de dezembro. À noite, as casas recebem a visita de Nicolau, do Anjo e do Diabo, sendo que Nicolau recompensa as crianças boas e o diabo pune as crianças más. No entanto, o diabo serve, hoje em dia, apenas para dar um pequeno susto: todas as crianças recebem doces e pequenos presentes de Nicolau.

Os dias de Natal

O Natal da República Tcheca começa no dia 24 de dezembro. Conhecido como “O Dia Generoso” (Štědrý den), é um dia ligado a muitas crenças e tradições. As pessoas do passado acreditavam que este era um dia cheio de magia e rituais de bruxaria. Apesar da maioria dos lares tchecos já não observar o jejum até a hora da ceia (para que, conforme a tradição, possam ver o “porquinho de ouro”, símbolo que representa a riqueza), outras tradições foram mantidas: decoração de árvores de Natal, cantatas de Natal, passeio, visitas a cemitérios e o pensamento naqueles que não podem celebrar o Natal. Além disso, nos lares tchecos ainda podem ser encontrados alguns costumes de origens pagãs como, por exemplo, a adivinhação do futuro no momento de se cortar maçãs ou então por meio do derramamento de chumbo líquido em água. Outros costumes observados há muito tempo são a preparação da mesa da ceia sempre para um número par de pessoas e a própria ceia, para a qual os convidados devem vestir-se de forma elegante. E o que pode ser encontrado em praticamente todas as ceias? Sopa de peixe (preferencialmente carpa), carne à milanesa com salada de batatas e os tradicionais docinhos de Natal. Ninguém pode deixar a mesa da ceia já que se acredita que aquele for embora morrerá em, no máximo, um ano. O momento após a ceia é aquele momento que faz os olhos das crianças brilharem, que procuram o local de onde se tocam os sinos: é o sinal de que Ježíšek (o “menino Jesus”), que nunca foi visto por alguém, acabou de passar pela casa deixando presentes sob a árvore de natal solenemente decorada. Após a ceia e à entrega dos presentes, muitas pessoas, até mesmo ateus, vão à igreja mais próxima celebrar a missa da meia noite.  Um clima completamente único pode ser sempre encontrado na Catedral de São Vito (katedrála sv. Víta) do Castelo de Praga (Pražský hrad) e na catedral de São Pedro de Brno.

No primeiro e segundo feriado de Natal, isto é, os dias 25 e 26 de dezembro, famílias, amigos e vizinhos visitam-se e passam tempo juntos. Como tradição, nestes dias o almoço é feito de pato, ganso ou frango assado e recheado acompanhado de knedlíky (knödels) e repolho.
Tente observar alguns destes costumes tchecos neste ano. Verá que o Natal será literalmente mágico.