Passeio por Praga com Carlos IV

Passeio por Praga com Carlos IV

Em 2016 passam 700 anos do nascimento do rei tcheco e imperador romano Carlos IV (1316-1378), um dos personagens mais importantes da história europeia.

HomeNovidadesPasseio por Praga com Carlos IV
Quais lugares em Praga mostraria a sua Majestade para você, se ele fosse seu guia?

Casa do Sino de Pedra: lugar do nascimento do Carlos IV

O seu passeio começa no coração do centro histórico de Praga - na Praça Velha. No seu lado oriental encontra-se uma bela casa de estilo gótico com um sino no canto: Casa do Sino de Pedra. A casa é original do século XIII e aqui moravam os pais do Carlos IV: João de Luxemburgo e Isabel da Boémia, pois naquala época o Castelo de Praga estava inabitável após um incêndio. E foi aqui onde em 14 de Maio de 1316 provavelmente nasceu o futuro imperador. Você pode visitar até o interior da casa onde acontecem várias exposições organizadas pela Galeria da Cidade de Praga.

Ponte de Carlos: a ponte mais antiga de Praga

A Ponte de Carlos, originalmente chamada Ponte de Praga ou Ponte de Pedra, leva o nome do seu fundador, o imperador Carlos IV. Os astrólogos inclusive calcularam para o seu soberano a melhor hora para a fundação da ponte, que ocorreu em 09 de Julho de 1357 às 05 horas e 31 minutos, quando o horário criou uma sequência ascendente e descendente de números ímpares: 1-3-5-7-9-7-5-3-1. A ponte tem 518 m de comprimento e um pouco menos de 10 m de largura e ergue-se sobre 16 pilares. Foi construída de blocos de arenito e o cimento, segundo as lendas, era enriquecido com leite e vinho. Hoje, a Ponte de Carlos é decorada por 30 estátuas e serve somente para pedestres. Você pode saber tudo sobre a sua história no Museu da Ponte de Carlos, que se encontra na praça “Křížovnické náměstí” ao lado da Torre da Ponte da Cidade Velha.

Torre da Ponte da Cidade Velha: galeria da “Casa de Luxemburgo”

O portão de entrada para a Ponte de Carlos do lado da Cidade Velha, cuja construção foi terminada antes do ano 1380, é considerado o portão de estilo gótico mais belo da Europa. Sua exuberante decoração escultórica homenageia o governo da “Casa de Luxemburgo”. Aqui você encontrará esculturas dos construtores da torre, do rei Carlos IV e seu filho rei Venceslau IV, assim como esculturas dos santos Adalberto e Sigismundo, patronos do Reino Tcheco, ou São Vito, patrono da catedral e da ponte de Praga.

Estátua do Carlos IV na praça Křížovnické náměstí

A poucos passos da Torre da Ponte da Cidade Velha encontra-se a estátua do Carlos IV contruída em 1848 para a comemoração dos 500 anos da fundação da Universidade de Carlos. O imperador tem uma mão apoiada sobre uma espada e na outra mão está segurando o alvará da fundação da universidade. Em sua volta estão alegorias das quatro faculdades da época e outras quatro personagens importantes, amigos do imperador e seus colaboradores: Ernesto de Pardubice, Jan Očko de Vlašim, Matias de Arras e Beneš Krabice de Weitmile.

Ano 1348: fundação da universidade e da Cidade Nova

O ano 1348, extremamente bem sucedido e próspero, está destacado em todos os livros de história tcheca. Em março desse ano, o rei Carlos IV iniciou a construção da Cidade Nova de Praga, cujo centro tornou-se a atual Praça de Carlos, posteriormente fundou também o castelo Karlstein e o Mosteiro Beneditino chamado “Na Slovanech”ou “Emauzy”. Em abril de 1348 foi fundado o Ensino Superior de Praga, primeira universidade na Europa Central, que hoje leva o nome do seu fundador: Universidade de Carlos. O coração do extenso complexo é Carolinum, a residência universitária preservada mais antiga do mundo. Na maior sala acontecem cerimônias de colação de grau e outras comemorações. De vez em quando, o edifício fica aberto ao público na ocasião de exposições e concertos. Outra lembrança da época do Carlos IV é também uma bela janela de arco saliente do edifício na esquina da praça Ovocný trh e da rua Železná.

Castelo de Praga e Catedral de São Vito

Graças a Carlos IV foi restaurado o antigo palácio real no Castelo de Praga e com a participação dos construtores Matias de Arras e Petr Parléř foi iniciada a construção da Catedral de São Vito que simboliza o período alto gótico na história de arquitetura de Praga. O rei também mandou construir um novo sepulcro real para onde foram transferidos os restos mortais dos reis da Boémia e dos dignitários da Igreja. A Capela de São Venceslau que se encontra no interior da catedral é considerada alma e coração dela. Na porta no portal norte você pode ver uma argola de bronze, onde, segundo as lendas, se apoiou o São Venceslau antes de morrer. A porta da esquina sudoeste da capela dá acesso à Câmara da Coroa, onde estão guardadas as Jóias da Coroa da Boémia.

Sua majestade na Escola de Equitação de Wallenstein

Como um personagem excepcional da história política e cultural da Europa que conseguiu plenamente utilizar arte e arquitetura para divulgação da majestade imperial, o Carlos IV será apresentado na Exposição Provincial Bavaria-Tcheca na ocasião de 700 anos do seu nascimento, preparada em colaboração com a Galeria Nacional. Você poderá visitá-la a partir de meados de maio até final de setembro na Escola de Equitação de Wallenstein no Bairro Pequeno.
Outras celebrações estão sendo preparadas também em Karlovy Vary, um famoso spa fundado por Carlos IV. Além disso, uma exposição de excelentes réplicas das Jóias da Coroa da Boémia será realizada por toda a República Tcheca.