Romantismo no chalé - desfrute do campo tcheco típico

Romantismo no chalé - desfrute do campo tcheco típico

Uma velha casa de campo, uma cabana de madeira no bosque ou uma cabana nas colinas. Assim são os lugares favoritos para onde os tchecos saem de férias. Durante a crise do coronavírus, eles retornaram aos chalés de família e casas de campo. Não apenas para estar o mais longe de um possível contágio na cidade. No entanto, o romantismo rural atrai turistas de todo o mundo que desejam voltar à natureza.

No final do século XIX, os tchecos começaram a se interessar em descobrir sua própria cultura e história. Em 1881, foi fundado o Clube de Turistas Tchecos, que logo ganhou milhares de apoiadores. Juntos, eles fizeram caminhadas aos arredores e com o desenvolvimento da rede ferroviária foram adicionados mais lugares que os turistas poderiam visitar. Para a comunidade tcheca, o interesse pelo campo também estava associado à identidade nacional e ao interesse pelo folclore e pela arquitetura popular. Os proprietários de chalés e de casas de campo propagaram-se mais depois da Segunda Guerra Mundial. Os jovens mudaram-se para as cidades e a população rural estava envelhecendo. As fazendas e vivendas rústicas estavam frequentemente em más condições técnicas, mas os jovens queriam um lugar agradável para ir de férias com os filhos. Repararam chalés e casas de campo para terem espaço para recreação.

A era do faça-você-mesmo

Depois de 1948, as viagens para fora da Tchecoslováquia foram limitadas pelo regime comunista e, por este motivo, a maioria dos moradores não tinha escolha para onde ir de férias. Começaram a construir segundas residências em chalés e casas de campo. Os proprietários dos imóveis tiveram de improvisar porque faltava material de construção. Mas os habilidosos do tipo faça-você-mesmo conseguiram construir o sonhado chalé mesmo a partir de um vagão ferroviário ou de um barril de cerveja. Em novembro de 1989, ocorreram mudanças políticas fundamentais e a Tchecoslováquia reabriu-se ao mundo. Após os primeiros anos de euforia e interesse por férias no exterior, voltou a tendência de donos de chalés e de casas de campo. Hoje, no entanto, umas férias no campo são diferentes do que eram antes. 

Segunda casa

Muitos tchecos reconstruíram seus chalés e casas de campo em lugares onde você pode não apenas relaxar, mas também trabalhar graças à conexão à Internet. Depois da Suécia, a República Tcheca é um dos países com maior número de chalés recreativos na Europa. A propriedade recreativa pertence a 36% da população tcheca. O charme dos chalés e casas de campo renovados também atrai turistas do exterior. Você pode alugar uma cabana de madeira nos bosques e desfrutar de um fim de semana romântico e tranquilo ou reservar uma casa de campo para toda a família, onde você tem todo o conforto para relaxar, mas também para trabalhar. Definitivamente não vão faltar dicas de caminhadas, porque na República Tcheca há uma das mais densas redes de trilhas turísticas do mundo, que conecta mais de 40 mil quilômetros para os caminhantes. 

Tradição rural

Os chalés e casas de campo tchecos impressionarão não apenas pela sua aparência, mas também pela história da família. Muitos proprietários adaptaram as suas casas ao estilo de vida moderno, deixando-as com um caráter rural. É o caso, por exemplo, do chalé rosa Růžová chalupa u Šimánků, na localidade de Rtyně, região de Trutnov, construído em 1857. A casa de dois andares com fachada decorativa tem capacidade para 24 hóspedes e no interior há móveis de madeira. A cozinha possui eletrodomésticos modernos, além de um forno aquecido com assentos. Você também pode desfrutar de uma atmosfera agradável à porta, onde há um espaço disponível para churrasco. Prefere algo mais cheio de ação? Usufrua de um par de piscinas no andar térreo da casa, onde é possível nadar em uma piscina coberta com água aquecida de maio a setembro. Não deixe de fazer uma caminhada nos arredores. Para os turistas mais capazes existem as rochas Adršpašské skály, os amantes da história certamente se interessarão por Kuks. Este extenso complexo barroco foi construído pelo visionário conde Špork. No final do século XVII, ele construiu um balneário aqui, para onde a nobreza de toda Europa se dirigia. O complexo barroco também é famoso por sua bela decoração escultórica do renomado Matyáš Bernard Braun, que aqui incorporou alegorias de virtudes e vícios.

Lazer ativo

A cabana de madeira em Horní Sklenov, em Hukvaldy, também oferece uma mistura muito agradável de história e estilo de vida moderno. Tome o seu café da manhã em uma mesa de madeira e aprecie a vista desde a janela de uma cozinha no campo para um jardim de 1500 m2. Você quer se alongar um pouco, mas não cansar o corpo? Então basta andar cem metros da cabana e você estará em um campo de golf com 18 buracos. Quem quiser ficar em casa na cabana pode desfrutar de uma sauna com piscina. Não apenas os adultos se divertem aqui, mas também as crianças, para as quais existe uma grande sala de jogos com muitos brinquedos na casa e uma casa nas copas das árvores construída pelos proprietários no jardim. Definitivamente, não perca uma visita ao castelo Hukvaldy, nas proximidades, cuja construção começou no século XIII. Hoje, as ruínas do castelo estão abertas ao público e você pode subir na torre de vigia e olhar a cidade e seus arredores. O nativo mais conhecido de Hukvald foi Leoš Janáček, um compositor mundialmente famoso. Há uma exposição permanente em sua casa de nascimento, onde você poderá obter mais informações sobre a trilha educativa da região e observar os lugares que o inspiraram em sua criação, que tem fãs em todo o mundo.

Região vinícola

O legado da família também é honrado pelos proprietários de uma casa de campo em Němčičky, na região de Břeclav. Eles reconstruíram a casa da avó, onde iam de férias, e aqui você se sentirá como se tivesse voltado à infância. A casa de campo tem espaço para 12 pessoas e aqui todo mundo vai encontrar o seu recanto favorito, seja nas estufas de azulejo, no pátio ou na frente da casa. Existem muitos lugares interessantes para caminhadas nos arredores. Alugue uma bicicleta e percorra alguma das muitas trilhas de vinho que se alinham na área de paisagem protegida de Pálava. Você pode aproveitar o programa o dia inteiro em Mikulov, um centro de vinicultura. No castelo local, visite a exposição permanente sobre a história da viticultura e as celebridades que visitaram esta pitoresca cidade, incluindo o imperador Napoleão. Você encontrará outro lugar interessante perto da casa de campo em Němčičky. Desça ao museu arqueológico subterrâneo de Pavlov e explore como era a vida na era paleolítica. Você verá aqui não apenas os assentamentos de 25 a 27 mil anos atrás, mas também objetos de arte, ferramentas, sepulturas rituais e ossos de mamutes, que são da vizinhança de Pavlov.