Festas do S. Venceslau da Boêmia

Festas do S. Venceslau da Boêmia

Há lugares em que o fim de verão é razão de melancolia. Mas os tchecos festejam.

HomeNovidadesFestas do S. Venceslau da Boêmia
Em Tchequia, o fim do setembro pertence ao patrão de todo o país. Os tchecos veneram o lembranço do São Venceslau, no dia em que foi assassinado pelo seu irmão.

Um dos monumentos mais conhecidos de toda a Praga, e talvez em toda a Tchequia, é a estátua do São Venceslau na Praça do Venceslau. E a razão disto não é só que este conde tcheco olha da sua sela por uma das maiores praças da República Tcheca. Nem é a razão que testemunhou muitos importantes eventos da historia do país do seu cavalo. O São Venceslau é o patrão dos países tchecos e o santo mais favorito. O seu día cái no 28 do setembro. A República Tcheca celebra o dia do seu estatuto de  estado. Lige-se você também!

Český Krumlov abrirá seus museus e galerias para visitas noturnas

Na cidade situada na Boêmia do Sul, este ano a Festa de São Venceslau começará já na sexta-feira, dia 27 de setembro, quando abre uma feira de artesanato tradicional. No sábado, o programa dos dias festivos em Český Krumlov começa pelo Festival internacionl de folclore, no qual, desde as 10 da manhã, atuarão ranchos folclóricos da Romênia, Alemanha e Eslováquia. Mas a cidade não adormecerá na boca da noite, vez que as galerias e museus locais deixarão suas portas abertas 19h00-23h00. Assim vocês terão oportunidade de visitar o histórico Fotoateliér Seidel, Egon Schiele Art Centro ou o Castelo e palácio Český Krumlov (cavalariças e selaria). 

Praga: Colheita de vinho de S. Venceslau

Praga continua ligada de maneira muito estreita à tradição de S. Venceslau. Os restos mortais do príncipe da Boêmia estão sepultados na capela da catedral de S. Vito e uma dos vinhedos mais antigos do país, cujas origens datam do século X, Svatováclavské vinice, leva o nome desse santo. Neste local único na costa para o Sul, nas proximidades do Castelo de Praga poderão aproveitar um bom vinho da colheita tradicional, que acontecerá 28 de setembro, e onde além da degustação, não deverão perder demonstrações do processo de esmagar uvas por um verdadeiro lagar manual. 

Romaria tradicional em Stará Boleslav

Em 27 e 29 de setembro, a cidade de Stará Boleslav , local onde S. Venceslau foi assassinado, será anfitrião da Romaria nacional de S. Venceslau. O programa de cada ano da Romaria de S. Venceslau  começa em 27 de setembro. Também neste ano os restos mortais do santo serão transportados a Stará Boleslav. A missa solene, que acontece em 28 de setembro, às 10h00 na Praça de Mariánské em Stará Boleslav constitui o ponto central da festa. A partir das 13h00 o programa na Praça de Mariánské continua através de eventos musicais e teatrais, acompanhado por amostras de artesanatos e entretenimentos popular.

São Venceslau – o padrão dos países da Boêmia

Venceslau era um príncipe da Boêmia, que depois de ter sido assassinado, virou símbolo nacional da Boêmia e um santo católico. Nasceu em 907 e foi morto provavelmente em 28 de setembro de 935. Para uma reconstrução exata da vida de Venceslau não dispomos das fontes de informação suficientes da época. Sua vida pôde ser reconstruída na base das lendas e crônicas, tanto da Boêmia como dos países vizinhos. 

Venceslau era neto da princesa Ludmila e do príncipe Bořivoj I, o primeiro historicamente provado príncipe da Boêmia. Venceslau fora criado pela avó, Santa Ludmila. Segundo a tradição, ele recebeu uma educação profunda e completa, ele estudava livros em latim e em idioma eslavônico, o que era pouco comum para os monarcas daqueles tempos. Após a morte do pai do Venceslau, sua mãe Dragomir assumiu o poder. Seus filhos, Venceslau e seu irmão menor Boleslav, ficaram sob custódia da avó Ludmila. As duas mulheres, Dragomir e Ludmila, e seus apoiadores competiam o trono do país e esse conflito culminou no assassinato de Santa Ludmila. As lendas descrevem a mãe de Venceslau como forte protetora do paganismo, ao qual opõem a Santa Ludmila, uma representante do cristianismo, cujo papel de protetor da fé mais tarde foi assumido por Venceslau. Ele foi elevado ao trono entre os anos 921 e 925. O território dominado pelo príncipe da Boêmia cobria apenas a atual Boêmia Central, entre as cidades de Praga, Stará Boleslav e Mělník. As lendas retratam Venceslau quase como um monge, um monarca virtuoso, que dava liberdade aos escravos, acabou com templos pagãos, e até cultivava uvas para produção do vinho de missas, perto do Castelo de Praga. O fato é que foi ele quem estabeleceu a rotunda de S. Vito do Castelo de Praga , a primeira construção no local da atual catedral de S. Vito. A luta pelo poder levou a um fratricídio. Venceslau foi morto em 935 por ordem do seu irmão menor, Boleslav, na entrada da igreja da sua cidade residencial, que hoje se chama Stará Boleslav.