Páscoa Tcheca

Páscoa Tcheca

Deixe-se inspirar por como a Páscoa é celebrada na República Tcheca!

HomeWhat's NewPáscoa Tcheca
A Páscoa está associada à chegada da primavera. Trata-se de um feriado móvel. Na tradição cristã ocidental, a Páscoa sempre cai no primeiro fim de semana após a primeira lua cheia da primavera que segue o equinócio, ou seja, no mês de março ou abril. Este ano cai em 2 a 5 de abril. As celebrações da Páscoa são antigas. A República Tcheca – como outros países europeus – tem raízes judaico-cristãs, por isso os feriados de primavera são o resultado de uma combinação de tradições pagãs, judaicas e cristãs. Hoje, porém, tudo está coberto pelo manto cristão, quando os fiéis comemoram a ressurreição de Cristo.

Semana da Paixão e costumes

A semana anterior à Páscoa é chamada de Semana da Paixão. Para os cristãos, o primeiro dia importante é a chamada Quarta-feira Santa, que evoca a traição de Judas, ou seja, um ato feio. Neste dia limpava-se a fuligem da chaminé, mas apesar disso não deveríamos ser feios, caso contrário, segundo a superstição, um rosto atordoado poderia se repetir todas as quartas-feiras do ano. Na Quinta-feira Santa você deve comer espinafre, repolho ou até salada de urtiga para ser saudável o ano todo, de acordo com um dos costumes da Páscoa. Na quinta-feira, os sinos da igreja tocam pela última vez durante a missa, antes de, segundo a superstição, partirem em seu voo anual a Roma. Na Sexta-feira da Paixão, os sons dos sinos foram substituídos pelas mais variadas matracas, pequenas e grandes, montadas em busca-pés. A Sexta-feira Santa é também um dia de luto pela morte de Jesus e um dia de jejum estrito. O Sábado de Aleluia é um dia de silêncio e espera para os fiéis. Mas no sábado também se branqueava, limpava. A preparação para o Domingo de Páscoa tinha que ser cuidadosa. Em nenhuma casa podia faltar a mesa posta, o recheio de Páscoa, o cordeiro ou o pão de Páscoa e o Judas. As celebrações continuam no domingo, quando os templos e igrejas ficam cheios novamente, e os fiéis comemoram a ressurreição de Jesus Cristo. E segunda-feira? Segunda-feira pertence apenas às tradições populares! E como são elas?

Ovos pintados – ovos de Páscoa

O símbolo mais famoso da Páscoa, não só na República Tcheca, costumam ser os ovos decorados, que antes representavam fertilidade e vida nova. Hoje, porém, eles têm uma função decorativa. As cascas dos ovos soprados adornam-se de forma tradicional e adaptam-se de acordo com as tradições familiares ou com a região. Resumindo, sua decoração distingue-se. Você pode encontrar ovos pintados e raspados, coloridos em cascas de cebola e outros corantes naturais, gravados, em arame ou decorados com cera perdida ou perfurados. A técnica de decorar com palha, por exemplo, é muito tradicional. Primeiro pinte a casca e depois cole com pedaços de palha em miniatura previamente preparados. Você pode encontrar belas instruções, por exemplo, aqui. Alguns ovos parecem com obras de arte e levam vários dias para serem produzidos. E ao mesmo tempo eles são frágeis!

Chicote de Páscoa

Já há alguns séculos a Páscoa tcheca inclui o costume de açoitar meninas e mulheres com um chicote feito à mão. As menções ao chicote datam do século XIV, mas a tradição é muito provavelmente mais antiga e remonta aos tempos pré-cristãos. Meninos e homens açoitavam seus entes queridos com ramos de salgueiro para que estes se mantivessem saudáveis e jovens por muito tempo. Gradualmente, a moda de tecer gravetos juntos se desenvolveu e finalmente o chicote longa e intrincadamente trançado tornou-se o orgulho do seu dono. Até hoje às vezes os chicotes são trançados por vários metros. Porém esses, é claro, servem apenas para decoração. Na República Tcheca, ainda se observa o costume de cantar cantigas com o chicote, embora isso esteja desaparecendo lentamente nas grandes cidades. Tradicionalmente, meninos e homens visitam seus vizinhos com o chicote e cantam canções na Segunda-feira de Páscoa. Ganham por isso um ovo pintado, uma fita colorida para o chicote, algo doce ou algo mais forte. Especialmente na Morávia, onde existe uma tradição viva de produção doméstica de aguardente, cantar cantigas com o chicote é popular entre os homens.

Onde encontrar as tradições

Todos os museus ao ar livre tchecos tentam manter as tradições folclóricas tchecas. O mais popular é o evento denominado Páscoa na Valáquia, que ocorre no museu ao ar livre em Rožnov pod Radhoštěm, na Morávia. Mas infelizmente não acontecerá este ano por causa da pandemia. Talvez a situação melhore um pouco em um ano. Outro museu ao ar livre que mantém os costumes tradicionais da Páscoa é o museu ao ar livre Veselý Kopec, no leste da Boêmia. Quase todos os edifícios históricos são adornados e recebem os visitantes de braços abertos. A equipe do museu ao ar livre em roupas de época irá apresentá-lo aos costumes populares tradicionais, alguns dos quais há muito esquecidos. Normalmente aqui você também pode produzir algo pequeno como lembrança

Dimensão espiritual

Na República Tcheca, com sua tradição católica, a dimensão espiritual da Páscoa não está perdida. Comemora-se em muitos lugares de peregrinação, como em Svatá Hora, perto de Příbram na Boêmia Central, na paróquia católica romana em Velehrad na Morávia ou em Zelená hora, perto de Žďár nad Sázavou, que está inscrita na lista da UNESCO.